Archive for Novembro 2015

[Cinema] Exorcistas do Vaticano


Longe de ser uma obra prima e extremamente criticado em sites de cinéfilos (Filmow, Rotten Tomatoes), Exorcistas do Vaticano (The Vatican Tapes, 2015) junta a fisionomia clássica de filmes com possessões demoníacas e traz outros traços inovadores. Isso o arrasta, até certo ponto, para longe do padrão estabelecido desde O Exorcista e muito pouco modificado. Do esqueleto clássico, o filme aborda a história de uma menina que começa a experimentar modificação de comportamentos e, a princípio, passa por exames médicos/psiquiátricos que buscam explicar o que ela está fazendo. Depois da falha da ciência, levam-na para uma sessão de exorcismo com um padre mais velho, já com experiência em enfrentar demônios, e o clímax se concentra em uma sessão de exorcismo que termina com mortes.

Como modificações interessantes, percebe-se que o filme incrementa um tanto de fantasia: enquanto os filmes clássicos limitam os poderes demoníacos a super-força, telecinese, etc., o demônio do Exorcistas do Vaticano consegue controlar o fogo e desaparecer/teletransportar, embora esses poderes não fiquem tão claros. O início dos efeitos da possessão são diferentes do convencional e há uma cena interessante com "controle mental" no hospício. O final é interessante e mostra um pouco da influência distópica dessa última década.

Há cenas interessantes e uma fotografia "ok" e o filme está disponível no Netflix.


Posted in | 1 Comment
Tecnologia do Blogger.

Search

Swedish Greys - a WordPress theme from Nordic Themepark. Converted by LiteThemes.com.